Mojito, cuba libre, piña colada: drinques bacanas com rum

OUÇA O POST EM PODCAST

O destilado era a bebida “oficial” das Américas no tempo da colonização e hoje conquistou o mundo em coquetéis clássicos.

El ron es latinoamericano, si señor! Não é à toa que a gente curte tanto os drinques à base de rum. Esse destilado da cana-de-açúcar era a “bebida oficial” das Américas nos tempos da colonização, das invasões e dos piratas. Antes só bebido puro ou com limão, ganhou o mundo como base para alguns dos coquetéis mais famosos, como o mojito, a cuba libre, o daiquiri, nascidos em Cuba, e a piña colada, originária de Porto Rico.

Rum e cachaça são praticamente irmãos, aliás: ambos são derivados da cana-de-açúcar e destilados em alambique. A diferença está no processo de produção: o rum é feito a partir do caldo cozido da cana, o melaço, enquanto a cachaça é feita com o suco fresco, que chamamos de garapa. Como a cachaça, o rum é naturalmente cristalino: a cor escura resulta do envelhecimento em barris de carvalho ou adição de corante.

A cuba libre (rum com Coca) nasceu em Cuba no fim do século 19.

Existem menções históricas a uma bebida semelhante ao rum na Europa do século 14, mas fato mesmo é que ele “pegou” quando portugueses e espanhóis levaram a cana-de-açúcar às “Índias” da época, nossas queridas Américas, no século seguinte. Com a proliferação dos engenhos, a bebida feita com os restos da cana se tornou a mais popular do continente.

Grandes apreciadores eram os piratas, porque o Caribe era uma região de intenso comércio naval. O rum caiu no gosto também dos marinheiros das frotas europeias, que defendiam ser mais mais seguro consumir rum do que água, pois esta apodrecia facilmente nos barris dos navios. Imagina esse povo bebendo rum que nem água!

Os piratas do Caribe eram grandes fãs do rum (puro, é claro).

O hábito de adicionar limão à bebida também tem explicação relacionada à saúde: a vitamina C da fruta ajuda a prevenir o escorbuto, doença que podia matar metade da tripulação de um navio entre os séculos 16 e 19. Mas a moda pegou.

Hoje o rum é produzido em mais de 50 países, com inúmeras variações de sabor e intensidade. A maior e mais lembrada marca é a Bacardi, fundada por Don Facundo Bacardí Massó em Santiago de Cuba, em 1862, hoje presente em mais de 170 países, comandada pela sétima geração da família. Essa gigante comercializa mais de 200 marcas e rótulos, e não apenas de rum: também fabrica o gim superfamoso Bombay Sapphire e a reputada vodca Grey Goose.

Piña colada, o mais tropical dos drinques à base de rum.

O rum é o ingrediente principal de pelo menos cincos coquetéis clássicos com pinta bem tropical, consumidos hoje em todo o mundo.

Drinques clássicos com rum para preparar em casa

O bartender Marcello Gaya, embaixador da Bacardi no Brasil, ensina como preparar cinco receitas para quem quer provar, ou provar ainda mais, o sabor versátil da bebida. Muito fáceis.

Mojito

  • 50 ml de rum
  • 10 folhas de hortelã
  • 25 ml de suco de limão
  • 25 ml de xarope de açúcar
  • 50 ml de água com gás

Esfregue a hortelã na parte interna de um copo alto. Adicione suco de limão, xarope, rum e misture. Complete com água com gás e gelo. Decore com hortelã.

Cuba Libre

  • 50 ml de rum
  • 150 ml de Coca-Cola ou Pepsi
  • Uma fatia de limão

Adicione todos os ingredientes em um copo alto com gelo e misture bem. Decore com uma fatia de limão.

Piña colada

  • 60 ml de rum 
  • 180 ml de suco de abacaxi 
  • 30 ml de leite de coco 
  • 100 ml de leite condensado

Bata todos os ingredientes no liquidificador e sirva com cubos de gelo. Faça a decoração com pedaços de abacaxi ou uma cereja em calda.

Daiquiri

  • 50 ml de rum
  • 25 ml de xarope de açúcar
  • 25 ml de suco de limão

Bata todos ingredientes na coqueteleira com bastante gelo e sirva em uma taça coupe gelada. Para uma versão “spicy” (apimentada) ise xarope de gengibre em vez de açúcar.

Orfeu Cubano

  • 50 ml de rum
  • 25 ml de vermute Martini Rosso
  • 3 gotas de angostura bitters

Em um copo alto com gelo, coloque todos os ingredientes e mexa com uma colher por 10 segundos. Sirva em uma taça coupe ou dry martini gelada. Decore com uma cereja.

https://www.instagram.com/homemunico/

Faça um comentário

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Leia também
Único - espumantes zero álcool
Brinde a qualquer hora com espumantes sem álcool